Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

Em um movimento reflexivo de articulação entre BNCC e conteúdos do Escrevendo o Futuro, Olímpia fala sobre o eixo da análise linguística/semiótica.

 

Queridos leitores, queridas leitoras,

Nas últimas publicações, conversamos sobre os eixos da oralidade, produção e leitura, assim como sobre o campo de atuação artístico-literário, por meio dos textos: “Oralidade? No Portal, tem!”, “Produção? Leia, ouça e assista no Portal!”, “Leitura? Confira no Portal!” e “Literatura? Aqui, no Portal!”. Desta vez, para finalizar esse amplo movimento reflexivo de articulação dos dizeres da BNCC aos produtos elaborados e/ou publicados pelo Programa Escrevendo o Futuro, daremos ênfase ao eixo da análise linguística/semiótica. 

Para contextualizar o trabalho agora previsto, seguem as principais considerações apresentadas na BNCC (Brasil, 2017, p. 78-79) acerca do eixo de análise linguística/semiótica:

O Eixo da Análise Linguística/Semiótica envolve os procedimentos e estratégias (meta)cognitivas de análise e avaliação consciente, durante os processos de leitura e de produção de textos (orais, escritos e multissemióticos), das materialidades dos textos, responsáveis por seus efeitos de sentido, seja no que se refere às formas de composição dos textos, determinadas pelos gêneros (orais, escritos e multissemióticos) e pela situação de produção, seja no que se refere aos estilos adotados nos textos, com forte impacto nos efeitos de sentido. Assim, no que diz respeito à linguagem verbal oral e escrita, as formas de composição dos textos dizem respeito à coesão, coerência e organização da progressão temática dos textos, influenciadas pela organização típica (forma de composição) do gênero em questão. No caso de textos orais, essa análise envolverá também os elementos próprios da fala – como ritmo, altura, intensidade, clareza de articulação, variedade linguística adotada, estilização etc. –, assim como os elementos paralinguísticos e cinésicos – postura, expressão facial, gestualidade etc. No que tange ao estilo, serão levadas em conta as escolhas de léxico e de variedade linguística ou estilização e alguns mecanismos sintáticos e morfológicos, de acordo com a situação de produção, a forma e o estilo de gênero.

Já no que diz respeito aos textos multissemióticos, a análise levará em conta as formas de composição e estilo de cada uma das linguagens que os integram, tais como plano/ângulo/lado, figura/fundo, profundidade e foco, cor e intensidade nas imagens visuais estáticas, acrescendo, nas imagens dinâmicas e performances, as características de montagem, ritmo, tipo de movimento, duração, distribuição no espaço, sincronização com outras linguagens, complementaridade e interferência etc. ou tais como ritmo, andamento, melodia, harmonia, timbres, instrumentos, sampleamento, na música.

Diante da necessidade de discussão de modos de compor o fazer didático inspirado por tais afirmações, o Portal vem reunindo os mais diferentes recursos, especialmente disponibilizados no diagrama interativo Percursos Formativos que, como sabem, organiza-se em função de três categorias:  

1. Contribuições teóricas - reúne seis excelentes publicações

2. Recursos didáticos - convida para um passeio pelos jogos de aprendizagem atrelados aos “gêneros olímpicos”

3. Orientações para a prática - explora diferentes oficinas dos Cadernos do Professor, todas guiadas pelo olhar para a análise linguística

Após a diversificada navegação pelo Percurso Formativo de análise linguística, deixarei vocês na companhia da Prof.ª Dra. Márcia Rodrigues de Souza Mendonça (docente da Unicamp e autora de alguns dos textos teóricos acima anunciados), no evento virtual “I Ciclo de Palestras do Grupo de Estudos em Língua Portuguesa” (GELP – UFCG), coordenado pelo Prof. Dr. Herbertt Neves (docente-formador da Rede de Ancoragem da Olimpíada).

Estou certa de que a fala intitulada “Práticas de análise linguística/semiótica: reflexões a partir da BNCC” fechará com “chave de ouro” nossa rodada de reflexões! Clique aqui para assistir.

Um beijo carinhoso, obrigada e até já,

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé