Entrevista Vima II

Entrevista com Vima Lia de Rossi Martin – Parte II

Em entrevista para o Portal Escrevendo o Futuro, docente da área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da USP fala sobre a leitura de obras não-canônicas, formação de leitores literários, ensino de literaturas africanas e afro-brasileira e a relação entre literatura e transformação social. Além disso, também faz indicações de leituras teóricas e literárias. Assista aos vídeos abaixo e deixe seus comentários.

30

2 thoughts on “Entrevista Vima II

  1. As leitura devem ser diversificadas e não apenas os clássicos. Todos autores brasileiros devem ter e fazer parte das leituras do corpo discente. As leituras deve sim perpassar por vários níveis e tipos de escritas. desde um “Machado de Assis” até um Danilo Lazzaroto.

  2. A parte 2 da entrevista com Vima Lia de Rossi, é muito significativa para a introdução de formação dos leitores.Leva a nós professores a refletirmos sobre o tipo de literatura que proporcionamos, a inclusão da diversidade de textos, indo além dos textos canônicos.É fundamental que a leitura amplia diferentes segmentos que compõe a nossa sociedade,textos africanos, rap e demais amplia as possibilidades, disponibilizando uma formação coletiva e ampla cultural, social levando o aluno a a novas reflexões, a uma nova leitura de mundo. Onde o preconceito e diversas desconstruções sociais deixam de contextualizar socialmente e leve o aluno a uma verdadeira transformação da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *