Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

Nesta coluna, Olímpia destaca as vozes dos participantes das Comissões Julgadoras Estaduais (CJEs): docentes de universidades e representantes do Consed, da Undime e do Cenpec, que foram responsáveis pela seleção dos materiais produzidos por professores, professoras e estudantes!

 

Dedicados(as) educadores(as)

Com o término do período previsto para a seleção (ampla concorrência) e a indicação (reserva de vaga) de Relatos de prática - acompanhados de Linhas do tempo e Álbuns da turma - pelas Comissões Julgadoras Estaduais (CJE), vibro com os efeitos formativos não apenas para mim, mas para os demais membros de cada comissão.

No último texto, “Cenas e afetos das Comissões Julgadoras Estaduais”, destaquei o roteiro de trabalho em cada CJE, em meio ao registro de emoções e descobertas. Hoje, trago uma amostra das vozes de docentes, de representantes do Consed e da Undime (Rede de ancoragem), além de avaliadores(as) convidados(as) e de representantes do Cenpec, na tentativa de valorizar o vivido e aproximar vocês da nossa Olimpíada, na Etapa Estadual.

Um de meus maiores encantos foi escutar de professores e professoras convidados(as) que a experiência da avaliação provocou um efeito extraordinário em torno do “olhar pra dentro”, ou seja, enxergar a maneira como a própria prática era desenvolvida e, ainda, o movimento se de deslocar para a realidade do outro promoveu um ganho incrível diante do conjunto de alternativas, estratégias e recursos que favoreceram o trabalho com determinado gênero discursivo, no contexto da pandemia.

Com muito entusiasmo, as falas retrataram a ideia de que os Relatos de prática promoveram deslocamentos reflexivos e “quase físicos”, tamanha foi a intensidade com a qual os textos proporcionaram o mergulho na realidade daquele(a) docente e nas “grandes sacadas” para tornar possível o aprendizado da turma. Por vezes, disseram os(as) professores(as) avaliadores(as): “minha vontade é de procurar essa professora para dizer o quanto me orgulho da trajetória dela e o quanto seu texto me ensinou”; “quero escrever uma carta para esse professor; quero dizer que admiro sua força, sua perseverança e a maneira como conseguiu envolver seus alunos, diante de tantos obstáculos”; “precisamos fazer um grande encontro – quando tudo passar – para aplaudir sem pressa esses professores e professoras que esperançaram, não deixaram a peteca cair e conseguiram colher frutos dessa experiência”.

Integrantes do Consed e da Undime também ressaltaram a importância da participação docente: “professores e professoras merecem todo o nosso reconhecimento! Esses textos e essas produções dos estudantes mostram que não desistiram, apesar das dificuldades, e acolheram o material do aluno da forma como deu certo para cada um: WhatsApp, e-mail, impresso, meet...”; “em cada parágrafo, fica claro que há trabalho sério; há dedicação, entrega e muita vontade de ensinar”; “esses Relatos são documentos da nossa história, da história de cada lugar, de cada escola e de cada turma! Pra sempre teremos como retratar e comprovar o que foi ensinar e aprender na pandemia”.

Docentes das universidades que presidiram as CJEs também revelaram novas perspectivas com base nos Relatos de prática: “são valiosos documentos para a pesquisa na graduação e na pós-graduação, para a reflexão sobre o fazer pedagógico, sobre tantos caminhos descobertos e tantas formas de colocar em prática os materiais da Olimpíada”; “o elenco das dificuldades enfrentadas, as formas como os professores e as professoras foram tentando se apropriar do gênero Relato de prática, a escolha das evidências do trabalho – pela Linha do tempo e pelo Álbum da turma – tudo isso é um material riquíssimo para discussão em turmas de estágio, não apenas na graduação, mas na formação continuada”.

Também a equipe de representantes do Cenpec ressaltou os grandes ganhos pela vivência de todo o processo nas CJEs, entre eles: “foram muitos momentos de encontros com contextos e práticas pedagógicas diversas, com aventuras e desventuras que me marcaram profundamente”; “participar da Olimpíada é sempre grandioso e enriquecedor! Os Relatos mostraram distintas realidades, com suas fragilidades e fortalezas, tornando cada encontro único”; “aprendizado, cuidado, colaboração, respeito diante de cada desafio expresso nos textos; tudo isso me motiva a seguir apostando na Olimpíada como um grande movimento de formação”.

É disso (e muito mais) que se trata: valorizar cada caminho do modo como foi possível trilhá-lo; agir com empatia e respeito diante de cada Relato de prática; entender cada contexto, alcance e limite impostos pela experiência de ensinar e aprender em meio à pandemia; refletir e acolher o desafio de cada professor e cada professora diante da necessidade de lançar um olhar reflexivo sobre a prática, na tentativa de relatar a experiência, com sabores e dissabores do percurso.

Agora, finalizada a Etapa Estadual, é hora de seguir rumo à Etapa Semifinal, quando, finalmente, os rostinhos de professores(as) e estudantes trarão um colorido todo especial aos dizeres, por enquanto, conhecidos apenas pelos textos!

A programação de cada categoria e a formação dos(as) formadores(as) de professores(as) e de estudantes caminham de forma intensa por aqui! Conto os dias para os grandes encontros em nosso caprichado ambiente virtual de aprendizagem e nas diversas salas para vivências síncronas. Será maravilhoso!

Confira aqui a lista de professores(as) classificados(as) para a Etapa Semifinal. Sucesso!

Um abraço carinhoso, muito obrigada e até já,

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Programa Escrevendo o Futuro / Olimpíada de Língua Portuguesa
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé