Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

Olímpia tem acompanhado a realização dos encontros das Comissões Julgadoras Estaduais (CJEs) que, pela primeira vez, ocorrem de forma remota, e conta como é o processo em que representantes e avaliadores(as) validam a seleção dos materiais elaborados por professores(as) e estudantes. Confira!

 

Queridos(as) educadores(as)

Hoje, amanheci em estado de graça.

Estou grávida do sol e vou dar à luz o dia.

Tenho sede de festas

e dos sons de orquestras

soando no peito.

Guimarães, Geni. Estado de Graça. In: Balé das Emoções. RJ: Malê, 2021, p.63.

Como sabem, após a realização das Comissões Julgadoras Escolares e Municipais, nossa Olimpíada, em sua 7ª edição, promove a vivência de intensas experiências na Etapa Estadual (de 03/09 a 01/10/2021). É neste momento que as Comissões Julgadoras Estaduais (CJEs) entram em cena e passam a contar com a representação do Cenpec para o acompanhamento da discussão dos materiais produzidos por docentes: Relatos de prática, Linha do tempo e Álbum da turma.

Participar das CJEs é “amanhecer em estado de graça”! Sem dúvida, um dos presentes olímpicos mais esperados em anos de concurso, pois é nessa etapa que se revela a oportunidade de escuta privilegiada voltada à apreciação de dois avaliadores para cada Relato de prática e materiais complementares.

A dinâmica de organização e realização das Comissões apresenta mudanças importantes, já que, como destaquei na publicação Bem-vindas, Comissões Julgadoras Estaduais!, a 7ª edição contempla a possibilidade de realização de duas rodadas de reflexão sobre textos: a primeira, de ampla concorrência, para a seleção de um Relato de prática por categoria e mais três suplentes, e a segunda, da reserva de vagas, para a indicação de até três Relatos de prática por categoria e mais três suplentes, de acordo com os critérios estabelecidos no Regulamento (2021, p.27-29).

Somado a isso, é a primeira vez que experimentamos os sabores desse encontro à distância, com os Relatos de prática no centro, tempos mais enxutos para as decisões e, portanto, novos contornos para garantir a mais bem ajustada escolha.

As primeiras CJEs foram realizadas e, confesso: sabem aquele frio na barriga, que todo(a) professor(a) sente diante de um inédito desafio? Pois é, esteve em alta! Mas, como comumente acontece nas situações pedagógicas, basta entrar na sala e espiar os olhinhos dos(as) estudantes, ou, nesse caso específico, dos avaliadores(as), que nossa ciranda de afetos – marca da Olimpíada – começa a girar e envolver a todos(as) em busca do melhor fazer.

Com o intuito de emprestar meu olhar a vocês, professoras e professores que aguardam com ansiedade os resultados das CJEs, dedicarei alguns textos. Entendo que essa aproximação poderá, quem sabe, envolvê-los(as) no processo e minimizar os efeitos da espera.

São muitas as cenas e os afetos em cada CJE...

De forma intensa, a voz de cada avaliador(a) foi decisiva para cada texto selecionado/indicado, cabendo ao(à) docente integrante e presidente da CJE, resgatar os pontos-chave das falas dos(as) avaliadores(as) sobre os textos de cada categoria, com vistas a favorecer a tomada de decisão.

Como representante do Cenpec, não tenho direito ao voto. Fico na condução do encontro, com a(o) representante do Consed, seguindo cada passo do trabalho e auxiliando na organização dos dados que alimentarão a ata, documento essencial para o prosseguimento dos textos (e dos sonhos) na Olimpíada.

Ao longo da CJE, percebo o movimento de cada integrante: a busca por um ajuste fino em relação aos Critérios de avaliação para o Relato de prática, a Linha do tempo e o Álbum da turma; a retomada de anotações sobre cada texto, na tentativa de iluminar fortalezas; a escuta muito atenta à fala de quem avaliou o mesmo Relato, a fim de compor o olhar mais certeiro por parte dos(as) colegas da comissão.

Às vezes, esses momentos de genuíno aprendizado demandaram minha participação “mais chata”: o controle do tempo e a necessidade de se chegar ao resultado para cada categoria. Tento fazer isso da forma mais delicada possível, enfrentando minha própria vontade de deixar a prosa continuar… O que sempre ameniza a situação é a compreensão ampla de todos(as) sobre o processo. Assim, juntos(as), respiramos fundo e seguimos.

Ao longo do período de trabalho, os(as) participantes trocam comentários, olhares, suspiros e sorrisos. Há também espaço para a empatia, a gentileza, a paciência e a perseverança (afinal, estar virtualmente presente, de forma cuidadosa e atenta, por várias horas, como bem sabem, exige muito fôlego!).

Com o término do processo de seleção e de indicação dos textos, seguimos para o preenchimento dos resultados no sistema. Compartilhando a tela e contando com muitos olhinhos, todos(as) acompanham o trabalho do(a) representante do Consed. Após esse momento, a tela com todos os resultados se apresenta! Com a leitura de cada categoria, na ampla concorrência e na reserva de vagas, a comissão garante o envio correto das informações e, com um clique em “enviar ata” - ufa! - nosso trabalho é finalizado.

Aliviados(as) pela “missão cumprida”, os últimos minutos são dedicados ao fechamento do encontro, contando com a voz de cada avaliador(a), dessa vez para comentar os efeitos dessa experiência.

Muitas outras comissões virão e, com elas, outras tantas histórias pra contar!

Um abraço carinhoso em todos(as), muito obrigada e até já,

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Programa Escrevendo o Futuro / Olimpíada de Língua Portuguesa
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé