Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

Olímpia explica o novo critério de seleção na Etapa Estadual que, reconhecendo as desigualdades educacionais no país, favorece a participação de escolas que estão abaixo da meta regional do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Confira!

 

Dedicados educadores, dedicadas educadoras

Em meio ao percurso das Comissões Julgadoras, encerramos em 31 de agosto a Etapa Municipal, com seleção dos Relatos de prática (com Linha do tempo e Álbum da turma) nos municípios, abrindo, assim, o caminho para a realização das Comissões Julgadoras Estaduais!

Na publicação Veja como funciona a Etapa Estadual e conheça o papel da Comissão Julgadora Estadual, as principais questões atreladas à organização do trabalho e à seleção de materiais já foram contempladas. Portanto, aqui, daremos lugar de destaque ao novo critério de seleção nas Etapas Estadual, Semifinal e Final, anunciado no Regulamento da 7ª edição da Olimpíada (2021).

Vale ressaltar que tal mudança responde a um anseio de toda a equipe do Programa em acolher, de forma ainda mais efetiva, as desigualdades educacionais que se apresentam em nosso país. Desse modo, para a 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, teremos uma reserva de vagas para docentes que atuam em escolas com Inse (Indicador de Nível Socioeconômico das Escolas de Educação Básica) baixo ou muito baixo, e que estão abaixo da meta regional do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Vale atentarmos para o fato de que, como destacado no Regulamento (2021, p.11), as escolas que por quaisquer razões não possuam os indicadores do Inse (Indicador de Nível Socioeconômico das Escolas de Educação Básica) e do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) irão automaticamente concorrer às vagas na ampla concorrência.

Essa iniciativa, portanto, favorece a participação mais ampla de escolas com baixo Ideb que acolhem estudantes com menor nível socioeconômico, e também abraça professores e professoras que atuam em contextos mais desafiadores, cumprindo o compromisso do direito à educação para todos(as) os(as) estudantes.

Na Etapa Estadual, está prevista a seleção de 210 professores(as) semifinalistas e suas respectivas turmas de estudantes, seguindo a organização anunciada no Regulamento (2021, p.12):

A partir de tal configuração, de acordo com o Regulamento (2021. P.13), cada Estado e o Distrito Federal terá uma vaga garantida por categoria. Para as demais vagas, os critérios adotados são:

Ainda no intuito de iluminar as informações sobre a reserva de vagas a partir da Etapa Estadual, segue o texto do Anexo I (Regulamento, p.27-29):

Esperamos que essa novidade possa trazer mais equidade ao nosso concurso, dando voz a docentes e estudantes que representam práticas pedagógicas nas mais diversas escolas, realidades e configurações.

Um abraço carinhoso, obrigada e até já,

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Programa Escrevendo o Futuro / Olimpíada de Língua Portuguesa
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé