Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

logo olimpia

Olá, professor e professora!

Meu nome é Olímpia e também sou educadora. Neste espaço, quero conversar com você sobre as práticas de ensino da leitura e da escrita. A cada mês, eu enfoco um novo tema em minhas colunas.

A proposta é que essa prosa virtual aconteça a partir das suas dúvidas, que podem ser deixadas no espaço reservado para comentários de cada texto. Lembre-se de incluir seu nome, cidade e UF, bem como seu contexto de trabalho, o ano escolar da sua turma, a dificuldade apresentada e, por fim, sua dúvida. Assim, terei mais elementos para sugerir possibilidades de trabalho.

A sua questão pode ser a minha, que já se torna nossa e de tantos outros(as) internautas conectados(as). É dessa forma que a construção do conhecimento em rede se estabelece!

Confira, abaixo, as colunas já escritas e aproveite para deixar sua dúvida! Ela pode ser o tema de minha próxima coluna!

Um abraço carinhoso, muito obrigada e até já,

Olímpia

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

A partir de exemplos dos conteúdos disponibilizados no aplicativo Telegram, Olímpia mostra como o novo recurso pode ajudar a prática de professores e professoras no desenvolvimento das atividades da Olimpíada. Confira!

 

Dedicados leitores e leitoras,

No caminho de sempre iluminar informações e explorar conteúdos vinculados à 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, vimos conversando de diferentes formas, sendo as últimas vinculadas ou ao enunciado brincante “não confunda” (no texto “Relato de prática: não confunda!”) ou a um teste olímpico (na publicação “Teste seus conhecimentos sobre a 7ª edição da Olimpíada”).

Todos os escritos têm sido elaborados sob efeito das perguntas de vocês, tanto aqui quanto em outros cantinhos do Portal, tal como a recente publicação “Passo a passo do Relato de prática, Linha do tempo e Álbum da turma”.

Seguramente, com o passar do tempo e o desenvolvimento do trabalho a partir de nossos Cadernos Docentes, vocês têm experimentado adaptações e desafios envolvidos no contexto do ensino remoto. E como tanto sabem, a equipe do Portal trabalha para sempre caminhar ao lado de todos(as), disponibilizando recursos que possam acolher dificuldades e otimizar a condição de aposta na aprendizagem de nossos(as) estudantes.

Como uma das possibilidades de favorecer ações de nossos professores e professoras, as “Pílulas pedagógicas” estão disponíveis pelo aplicativo gratuito Telegram e são organizadas em função dos gêneros olímpicos (Poema, Memórias literárias, Crônica, Documentário e Artigo de opinião). O acesso aos conteúdos é bastante simples, e vocês podem encontrar informações detalhadas no texto “Pílulas pedagógicas trazem propostas para os cinco gêneros”.

Tenho acompanhado a boa prosa por lá e resolvi trazer um tantinho dos conteúdos compartilhados, no intuito de favorecer a compreensão por parte de quem ainda não conhece as Pílulas. Acompanhe as recentes publicações:

Poetas da Escola - Poema (5º ano do EF)

A partir da apresentação do poema Canção do exílio, de Gonçalves Dias, uma envolvente reflexão é apresentada pela pergunta “O que rima com saudade?”. Na sequência, uma chamada ao olhar para a saudade da terra natal e de tudo aquilo que a torna única acompanhada pelo convite para a articulação com o tema da Olimpíada - “O lugar onde vivo” -, em função da análise do poema e da produção de uma paráfrase ou paródia. A pílula conta, ainda, com um passeio imperdível por outras paisagens, explorando materiais que favorecem a realização certeira e significativa da proposta.

Se bem me lembro - Memórias literárias (6º e 7º anos do EF)

Embalados(as) pela fala e pela imagem acolhedoras da artista Izabel Mendes da Cunha, somos transportados ao município de Santana do Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha (Minas Gerais), apreciando seu relato sobre a infância e o ofício de modelar bonecas de barro. Essa viagem pelos encantos de “uma mestra na arte de fazer bonecas” também convoca nosso olhar para as questões: como faríamos para escrever a história de Izabel? De que maneira é possível garantir que as características de sua fala se mantenham em um texto escrito, que seja também fluido e gostoso de ler? Na pílula, há ainda indicações caprichadas para enriquecer a proposta e levar toda(s) a(s) turma(s) a reflexões instigantes sobre as relações entre oralidade e escrita.

A ocasião faz o escritor - Crônica (8º e 9º anos do EF)

Tudo começa com uma fotografia do Carnaval no Rio de Janeiro; daquelas imagens que fazem parar o tempo só para podermos contemplar todos os detalhes! Na sequência, o título “Figuras de linguagem: construindo beleza e sensibilidade” captura nossa atenção para os escritos de Luiz Antônio Simas, na crônica “O mergulho nas brasilidades”, levando-nos à exploração da gradação, figura de linguagem retratada no texto de forma potente e envolvente, e ao vínculo com o tema da Olimpíada “O lugar onde vivo”, com vistas a compor uma reflexão sobre elementos que singularizam os modos de vida de cada lugar e maneiras de celebrar, dançar, brincar que evidenciam outros modos de viver. Pra encerrar, vale apostar no passeio pelos links indicados!

Olhar em movimento – Documentário (1ª e 2ª séries do EM)

Com o título “Máquinas do tempo”, somos levados à apreciação dos curtas-metragens “Suellen e a Diáspora Periférica”, “Antonieta” e “Fartura” e, mesmo sem perceber, mergulhamos nas memórias de experiências individuais e coletivas. Essas lembranças revelam-se como possibilidades na produção de um documentário, mas é preciso zelar pelos direitos autorais e direitos de personalidade. Querem saber quais são as orientações e as autorizações necessárias para compor com sua(s) turma(s) um trabalho rico e ético? Já sabem onde procurar!

Pontos de Vista – Artigo de opinião (3ª série do EM)

“Argumentar com números” é o título da recente pílula sobre Artigo de opinião, publicada com o intuito de promover uma discussão sobre os desafios da construção de argumentos. Focada no trabalho de análise de infográficos, busca compor relações entre a compreensão de números - no caso, impressionantes, já que representam o peso do lixo descartado pelos brasileiros em uma semana – e estratégias argumentativas como a comparação. Ainda, são enfatizadas possibilidades de pesquisa diante do lugar onde vivem nossos(as) articulistas.

Ficaram interessados(as) e com vontade de conferir de perto esse presente olímpico? Então, acessem nossas Pílulas pedagógicas e levem ainda mais reflexão e conhecimento para sua(s) turma(s)!

Um abraço carinhoso, obrigada e até já,

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Programa Escrevendo o Futuro / Olimpíada de Língua Portuguesa
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé