Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

Produção? Leia, ouça e assista no Portal!

 

Queridos(as) educadores(as)

Com as publicações “Oralidade? No Portal, tem!” e “Literatura? Aqui, no Portal!”, foram apresentados os mais diversos produtos elaborados e/ou disponibilizados pelo Programa Escrevendo o Futuro, de modo a contribuir para as amplas navegação e inspiração voltadas ao fazer docente no eixo da oralidade e no campo da literatura.

Desta vez, ganhará lugar de destaque o eixo da produção (escrita e multissemiótica), convocando, nesse momento inicial, os dizeres da BNCC (Brasil, 1997, p. 74) acerca da definição do eixo e exemplos de gêneros discursivos a serem contemplados:

O Eixo da Produção de Textos compreende as práticas de linguagem relacionadas à interação e à autoria (individual ou coletiva) do texto escrito, oral e multissemiótico, com diferentes finalidades e projetos enunciativos como, por exemplo, construir um álbum de personagens famosas, de heróis/heroínas ou de vilões ou vilãs; produzir um almanaque que retrate as práticas culturais da comunidade; narrar fatos cotidianos, de forma crítica, lírica ou bem-humorada em uma crônica; comentar e indicar diferentes produções culturais por meio de resenhas ou de playlists comentadas; descrever, avaliar e recomendar (ou não) um game em uma resenha, gameplay ou vlog; escrever verbetes de curiosidades científicas; sistematizar dados de um estudo em um relatório ou relato multimidiático de campo; divulgar conhecimentos específicos por meio de um verbete de enciclopédia digital colaborativa; relatar fatos relevantes para a comunidade em notícias; cobrir acontecimentos ou levantar dados relevantes para a comunidade em uma reportagem; expressar posição em uma carta de leitor ou artigo de opinião; denunciar situações de desrespeito aos direitos por meio de fotorreportagem, fotodenúncia, poema, lambe-lambe, microrroteiro, dentre outros.

Diante de tais considerações, convido vocês a um movimento reflexivo “de fôlego”, no intuito de percorrer diferentes espaços do Portal, ao encontro de variados e significativos pontos de contato com o trabalho defendido na BNCC:

  • Cadernos do Professor (sequências didáticas atreladas à produção dos “gêneros olímpicos” - poema, memória literária, crônica, documentário e artigo de opinião).
  • Especiais por Gênero (com direito a uma diversidade de textos escritos, vídeos, áudios e sugestões para “saber mais”).
  • Percursos Formativos - Escrita (um espaço que promove uma exploração de “braços abertos”: planos de aula, texto sobre planejamento, relatos de prática e muitos outros atrelados à investigação de distintos gêneros discursivos, com acesso a uma certificação).
  • Cursos on-line (com diferentes convites à reflexão em torno da produção, articulando práticas de linguagem, em “Sequência didática: aprendendo por meio de resenhas” e “Caminhos da escrita” – mediados – e “Nas tramas do texto” e “Avaliação textual: análises e propostas” – autoformativos).
  • Revista Na ponta do lápis (com particular ênfase a publicações do número 34, vinculadas à análise dos “gêneros olímpicos” produzidos na última edição da Olimpíada de Língua Portuguesa: “Mais de meia dúzia de coisinhas nada à toa” (de Lícia Maria Freire Beltrão); “Escrevendo memórias literárias: dos fatos reais ao produto da imaginação” (de Maria Teresa Tedesco Vilardo Abreu); “Os documentários entraram na aula de Língua Portuguesa. E agora?” (de Herbertt Neves), “Singularidade do cotidiano local em crônica” (de Ângela Francine Fuza) e “Argumentação, cidadania e participação social: o gênero discursivo artigo de opinião na Olimpíada” (de Ivoneide Bezerra de Araújo Santos Marques. 

Sem a pretensão de esgotar as possibilidades formativas do Portal, mas sob efeito da necessidade de finalização do texto, deixo todos e todas vocês na companhia de Jacqueline Peixoto Barbosa, com o vídeo que retrata a nossa aposta no trabalho com as práticas de linguagem, aliando produções escritas a propostas multimodais:

Excelentes descobertas!

Bj carinhoso, obrigada e até já, 

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé