Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

Olímpia dá continuidade a escuta aberta e indica uma "boa prosa" para refletir sobre o enfrentamento das desigualdades.

 

Educadores e educadoras

Escrevo sob efeito do entusiasmo em apreciar dezenas de mensagens publicadas no nosso mural sobre as aprendizagens de vocês e de seus alunos, em meio ao período de pandemia.

Entendo que a publicação do último texto – “Não era pra ser assim!”: das faltas às possibilidades” –, inspirado pelo relato do professor João Ricardo Santos, de Passo Fundo (RS), favoreceu o olhar não apenas às questões ancoradas nas dificuldades vivenciadas por docentes e estudantes (já que também contou com a colaboração de mais duas publicações- “A ‘escuta docente’: sobre realidades e inspirações” e “Dificuldades dos docentes: uma análise propositiva”) mas, de forma especial, abriu caminho para a vez e a voz das aprendizagens, dos encontros possíveis com o conhecimento e da aposta no fazer colaborativo.

Compreendo as necessidades e os problemas apontados por vocês e me solidarizo ao investimento e ao esforço de todos para o desenvolvimento de um trabalho que coloque o aluno como centro do processo educativo, o que vem tornando possível o exercício da docência com alguns efeitos na formação do professor, considerando, por exemplo, o aprendizado em termos de recursos e estratégias mediados pelas TDCIs.

Como vocês, entendo que estamos diante de variados desafios, entre eles, o de envolver nossos estudantes nas propostas, diante de cenários de desigualdades de variadas ordens. Assim, no intuito de colaborar para trilharmos juntos esse caminho, segue uma “boa prosa”, organizada pela Fundação Itaú Social, que certamente poderá favorecer a continuidade de nossos escritos no mural, contando com as propostas das participantes Cybele Amado (Instituto Anísio Teixeira), Katia Smole (Instituto Reúna) e mediação de Angela Dannemann (Fundação Itaú Social) sobre o tema “Estratégias de Aprendizagem e o Enfrentamento das Desigualdades”:

Diante da apreciação do vídeo, considerando ponderações e provocações reflexivas, retomo a pergunta do último texto, a fim de promover novos “escritos docentes”, em nosso dialógico mural:

Professor(a), quais aprendizagens – para você e seus alunos – têm sido vivenciadas nesse processo?

Para participar, inicie o texto com dados de identificação (nome, cidade, estado e segmento com o qual trabalha) e insira a resposta por escrito, clicando no sinal de positivo (+), localizado no canto inferior direito da tela azul. Também é possível publicar sua resposta por vídeo e áudio: após clicar no sinal de positivo (+), clique nos três pontos e escolha “Film” (vídeo) ou “Voice” (áudio).

 

Continuamos com a nossa escuta aberta para pensarmos juntos em possibilidades de caminhar!

Um bj carinhoso, obrigada e até já,

Olímpia (em nome da equipe do Portal Escrevendo o Futuro)

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé