Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª Olímpia
Pergunta:

Olímpia convida os professores a aprofundarem o olhar acerca das práticas em sala de aula que "merecem lupa", na escrita do relato de prática.

 

Talentosos professores,

Escrevo em meio ao trabalho intenso nas Comissões Julgadoras Estaduais (CJE)! Confesso que apreciar os textos – escritos e multimodais – de tantos estudantes, em diferentes estados do país, é um privilégio e uma satisfação incomparáveis...

Essa preciosa oportunidade, entre tantos efeitos, favorece a aproximação com a reflexão que aqui vimos firmando: o que é e como compor o relato de prática.

Seguramente, alguns poderão estranhar, dizendo, “mas como os escritos dos alunos promovem tal aproximação?”, e digo que é justamente por analisar cada critério da grade de avaliação diante de cada um dos textos que esse exercício de vinculação com o fazer docente acontece!

Explico melhor: por meio do texto da semana passada -  “Relato de prática: hora dos escritos docentes!” – proseamos a respeito das perguntas-chave, na tentativa de começar a mapear o trabalho reflexivo exigido na produção do relato. Agora, os textos de crianças e jovens, de alguma forma, estarão conosco, no sentido de nos auxiliar a compor o tecido caprichado de dizeres, evidenciando momentos do trabalho com as oficinas em sala de aula.

Digo, sem medo de errar, que fica muito evidente para a CJE quando o trabalho foi amplamente realizado na escola, pois se revela, de forma clara nos textos, as práticas que potencializaram, por exemplo, usos mais efetivos de recursos discursivos e linguísticos, em meio ao brincar com palavras nos poemas, uma voz potente que anuncia a tese e argumenta com consistência nos artigos de opinião, um olhar preciso e peculiar para o cotidiano nas crônicas, generosas doses de literariedade nas memórias e surpreendentes recortes locais nos documentários.

São essas as inspirações que trago para nossa conversa, com o objetivo de aprofundar nosso olhar para o desafio de compor, no espaço máximo de 7000 caracteres com espaço, escritos reveladores não de cada uma das práticas em sala de aula, mas de práticas que “merecem lupa”, ou seja, propostas que convocaram cada docente ao ajuste de rota, ao exercício de escuta, observação, análise e (re)planejamento das propostas.  

Agora, então, temos uma nova pergunta-chave: como descobrir qual ou quais são esses momentos que “merecem lupa”? Acompanhem as dicas: 

Relato de Prática: já pegou sua lupa?

Relato de Prática: já pegou sua lupa?

Relato de Prática: já pegou sua lupa?

Relato de Prática: já pegou sua lupa?

Dica 1
Prosa inspiradora

Dica 2
Textos reveladores

Dica 3
Boa parceria

 

Bem, vamos caminhando! Aproveito para esclarecer que a partir do dia 11/10 a área para postagem do relato de prática estará disponível no Portal. Até lá, nossa prosa continua!

Não deixe de consultar o Especial sobre Relato de Prática, combinado?

Bj carinhoso, obrigada e até já

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé