Home
Formação
Pergunte à Olímpia

Pergunte à Olímpia

O que significa trabalhar para a ampliação dos letramentos?
Profª Olímpia

Após participação de professores, Olímpia conversa sobre o segundo tema mais votado na enquete.

 

Dedicados leitores,

 

Graças à participação de vocês, já podemos anunciar o segundo assunto mais votado em nossa enquete: o trabalho para a ampliação dos letramentos.

Nesse início de conversa, entendo ser importante ressaltar que os textos escritos em função da enquete são pensados para uma “leitura completa”, ou seja, para melhor entendimento das questões tratadas, estabelecendo um diálogo mais significativo, aposte na apreciação de um na companhia dos outros, combinado?

Então, dando continuidade às reflexões provocadas pelo texto “O assunto mais votado da enquete”, vamos à questão-chave da conversa da semana, apontada na BNCC como objetivo central do trabalho com a língua portuguesa: proporcionar aos estudantes experiências que contribuam para a ampliação dos letramentos.

Para ampliar a prosa, recorremos aos valiosos escritos da Profa. Dra. Jacqueline Barbosa (UNICAMP), no texto “As práticas de linguagem contemporâneas e a BNCC” (p.13), ao anunciar que o termo letramentos convoca a consideração por vários letramentos, não apenas:

  • aqueles constituídos majoritariamente pela escrita (letramentos convencionais ou letramentos da letra), mas também os constituídos por outras linguagens e mídias (multiletramentos);
  • aqueles tradicionalmente valorizados pela escola, mas também os letramentos, em geral, ausentes (oficialmente) da escola, sobretudo os que constituem as formas de expressão e as práticas socioculturais das culturas juvenis, a cultura digital e as culturas locais;
  • os escolarizados, cuja dissertação-argumentativa representa o nível máximo de desconsideração de práticas de linguagem de referência, mas (e, nesse caso, sobretudo) os letramentos que constituem as práticas sociais;
  • os necessários para funcionar bem na sociedade, em uma perspectiva meramente adaptativa, mas também os letramentos críticos.

 

Considerando tais afirmações, entendo ficar claro que o trabalho visando à ampliação dos letramentos deve primar pela valorização tanto da multiplicidade de linguagens, mídias e culturas, quanto do constante e potente exercício reflexivo, ético e crítico, voltado à formação de sujeitos capazes de sempre “tomar a palavra” para expressar, por meio de diversas linguagens, o que querem e sabem dizer, diante das mais heterogêneas situações.

No contexto do Programa Escrevendo o Futuro, o movimento de escuta e acolhimento dos dizeres e saberes dos alunos - atrelado ao trabalho com diferentes gêneros do discurso, pela articulação com as práticas de linguagem e mídias - revela-se de forma bastante significativa, favorecendo o desenvolvimento de diversas habilidades. Essa reflexão pode ser apreciada em nossas publicações de cunho teórico-metodológico e, sobretudo, no desenho de propostas didáticas, como nas SDs dos “gêneros olímpicos” e nos cursos virtuais.

Falando sobre a possibilidade de maior aproximação dos leitores com estudos sobre letramentos, eis um momento singular, pois as inscrições para o Curso Virtual “Caminhos da escrita” serão abertas no dia 16/8. Não percam a chance de refletir sobre a prática educativa, incluindo a oportunidade de elaborar projetos!

Agora, para ampliar nosso passeio virtual, seguem as dicas:


Não esqueçam: nossa enquete continua no ar, ok? Participem!

Bj, muito obrigada e até já

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários
Adicionar comentário
Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.
Clique aqui para se identificar
Título
Comentário
Parceiros
Futura
 
Undime
 
Consed
Coordenação técnica
Cenpec
Iniciativa
Itau
 
Ministerio da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310