Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª Olímpia
Pergunta:

Professora Olímpia faz sugestões de encaminhamentos sobre a questão da alfabetização tardia.

 

Dedicados professores,

O primeiro semestre letivo está acabando e, com ele, crescem as preocupações com o aprendizado de nossos alunos, não é mesmo?

Como poderão apreciar na mensagem da Silvânia, nem é preciso ser professora formada para começar a viver as “fortes emoções” do processo de ensino-aprendizagem... Vamos conferir?

Bom dia! Meu nome é Silvânia, sou estudante de Pedagogia e estou trabalhando em uma escola municipal com turmas de 3° ano do EF.

Fazendo uma pesquisa na internet, encontrei uma publicação da equipe Escrevendo o Futuro sobre trabalho de alfabetização em séries avançadas, achei muito interessante e preciso da ajuda de vocês.

Nessa turma que estou trabalhando, tem 12 crianças que ainda não sabem ler e, por isso, gostaria de uma orientação – atividades ou projetos que eu possa trabalhar com eles, a fim de que aprendam a ler até o final do ano letivo.

Aguardo! Obrigada!

Então, Silvânia, essa realidade, infelizmente, é mais comum do que podemos imaginar! Mas fico feliz por você estar atenta e, de forma acolhedora e propositiva, já procurar ajuda, apostando na aprendizagem dessas crianças.

De fato, aqui no “Pergunte à Olímpia” tratamos algumas vezes da questão da alfabetização tardia, considerando alunos em séries mais avançadas (do EFII), que ainda carregam dúvidas sobre o aprendizado inicial da leitura e da escrita.

Pensando nisso, acredito que o modo mais interessante de ajudar você seja indicar diferentes propostas, a serem selecionadas em função de um critério que entendo ser fundamental: considerar o conhecimento prévio desses alunos, buscando atividades que “falem de perto” com os interesses deles. Assim, sugiro que você converse sobre quais práticas de letramento vivenciam também fora da escola; se há e qual é o interesse em música, vídeos, esportes; enfim, o que faz parte do universo deles e pode ser tomado como objeto de reflexão na escola.

Agora, para inspirar suas ações, seguem algumas sugestões:

2. Publicações do CEALE (UFMG)

- Coleção Alfabetização e Letramento

4. Publicações da SME/SP

- Cadernos de Apoio e Aprendizagem


Espero ter ajudado um pouquinho! Agora, passo a voz para nossos leitores que, seguramente, terão ótimas dicas para você!
 

Bj, obrigada e até já,

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé