Home
Formação
Pergunte à Olímpia
Olímpia é uma professora apaixonada pelas palavras e estudiosa da Língua Portuguesa, que responde semanalmente a perguntas de professores sobre práticas de ensino da leitura e da escrita. Venha conversar com ela. Envie a sua pergunta para escrevendofuturo@cenpec.org.br!

Pergunte à Olímpia

Mais sobre SD: o diagnóstico no gênero poema
Profª Olímpia

Olímpia responde a uma professora que deseja saber mais sobre um dos primeiros passos de uma SD.

 

Queridos leitores,

A pergunta de hoje é, de certo modo, uma continuidade da nossa conversa da semana passada, quando destaquei a questão do passo a passo envolvido na elaboração de uma sequência didática (SD) para o trabalho com alunos do 4o e 5º anos do EFI.

Falo em continuidade, especialmente pelo fato de que a professora Luciene, como poderão apreciar, escreveu uma mensagem voltada a um dos primeiros passos de uma SD do gênero poema. Vamos conhecer de perto sua inquietação?

Olá, Olímpia! Tudo bem?

No início de uma SD sobre determinado gênero textual é de praxe realizar um diagnóstico para sondagem dos conhecimentos prévios dos alunos. E quando se trata de poema? Como fazer um diagnóstico sobre esse gênero textual?

Sou Luciene Souza da Silva, professora de Língua Portuguesa, da Escola Municipal Souto Soares, em Palmeiras, Chapada Diamantina, Bahia.

Muito obrigada. Aguardo ansiosa por sua resposta.

 

Professora Luciene, imagino ser um privilégio morar na Chapada Diamantina, pois é um dos lugares mais lindos que já visitei...

Bem, mas vamos deixar o papo sobre as belezas da Chapada para um outro dia, certo? Agora, é hora de prosearmos um pouquinho sobre o trabalho que envolve o diagnóstico na sequência didática do gênero poema!

Como você bem destacou, essa investigação, realizada logo no início da SD, permitirá que você conheça o que seus alunos já sabem sobre o gênero, o que favorecerá o planejamento de oficinas “bem coladas” às necessidades da turma.

No caso específico de poema, por se tratar de um “gênero olímpico”, ou seja, um gênero que integra o concurso de textos da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, você já conta com uma oficina prontinha, que poderá servir como inspiração! Vamos conferir?

Oficina 1 - Memória de versos e mural de poemas

Objetivos

  • Resgatar e valorizar a cultura da comunidade.
  • Avaliar e ampliar o repertório de poemas conhecidos pelos alunos.
  • Reconhecer os poemas em suas diversas formas.

Prepare-se!

Você sabe que boas aulas não se dão por acaso: é preciso investir tempo e definir o que se quer e o que se pretende alcançar ao final de cada dia, além de refletir sobre as propostas de atividades. Nesta oficina, propomos que você e seus alunos montem um mural de poemas. Organize os materiais com antecedência.

Oficina 2 - O que faz um poema

Objetivo

Conhecer e sistematizar informações sobre as características de um poema: versos, estrofes, ritmos, rimas, repetições.

Prepare-se!

Seus alunos irão analisar os poemas do mural. Para isso, é importante que você leia todos os que estão afixados e faça comentários sobre eles, antes de propor-lhes a atividade. Lembre-se de que os alunos precisarão de informações que serão dadas por você.

Oficina 3 - Primeiro ensaio

Objetivos

  • Apresentar a situação de produção.
  • Escrever um primeiro poema para avaliar o conhecimento dos alunos.

Prepare-se!

Seus alunos irão escrever os primeiros poemas deles. Leia todas as produções e faça anotações para saber o que cada um precisará melhorar. Procure identificar as informações que os alunos já têm sobre poemas e as que precisam apreender.

 

Como pode observar, no Caderno do Professor Poetas da Escola, há uma proposta de exploração de poemas conhecidos pelos estudantes, com o objetivo final de elaboração de um mural (Oficina 1), a discussão inicial de textos do gênero (Oficina 2) e, finalmente, a elaboração da versão inicial de um poema, em função do trabalho até então realizado e da possibilidade de produção escrita a partir do tema “o lugar onde vivo” (Oficina 3).

Penso ser um caminho certeiro, em busca dos primeiros escritos da turma. Ainda, vale lembrar que o tema foi sugerido em função do nosso concurso, mas você poderá também explorar outros temas próprios do universo de conhecimento e de interesse dos alunos, a fim de selecionar assuntos para a elaboração dos textos, certo?

Antes de terminar, quero dar uma ótima dica: fruto de uma recente publicação no nosso Portal, você tem à disposição duas SDs sobre poema que, com certeza, ampliarão seu olhar para o gênero e para as intervenções na sala de aula.

Sequência didática 1 – Poesia, poema e outros bons dilemas

Sequência didática 2 – Palavras, imagem e imaginação

Pronto! Agora, passo a vez (e a voz) para os demais leitores, a fim de que possam divulgar outras sugestões, visando à consistente reflexão sobre o gênero poema.

Bj, muito obrigada e até já,

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários
Adicionar comentário
Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.
Clique aqui para se identificar
Título
Comentário
Parceiros
Futura
 
Undime
 
Consed
Coordenação técnica
Cenpec
Iniciativa
Itau
 
Ministerio da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310