Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Pergunte a Olímpia

Inicio do conteudo

Pergunte à Olímpia: Navegue pelas perguntas abaixo utilizando as setas e tecle enter para acessar a pergunta.

Autor Profª. Olímpia
Pergunta:

O trabalho com as habilidades previstas na BNCC é o tema da conversa com Olímpia nesta semana.

 

Queridos parceiros de reflexão,

 

Finalmente chegamos ao último item de nossa enquete: o trabalho com as habilidades previstas na BNCC.

 

Desde o início do documento, há sinalizações referentes à questão das habilidades, especialmente no intuito de considerá-las como uma das possíveis formas de organização das aprendizagens dos alunos, previstas para cada ano escolar. Ressalta-se, ainda, a necessidade de elaboração de currículos, nos quais as questões metodológica e local estejam contempladas - considerando as especificidades e necessidades de cada instituição ou rede:

 

(…) as habilidades não descrevem ações ou condutas esperadas do professor, nem induzem à opção por abordagens ou metodologias. Essas escolhas estão no âmbito dos currículos e dos projetos pedagógicos, que, como já mencionado, devem ser adequados à realidade de cada sistema ou rede de ensino e a cada instituição escolar, considerando o contexto e as características dos seus alunos (MEC, 2017, p.30).

 

Na parte de Língua Portuguesa, encontramos indícios de um olhar para as habilidades em progressão, levando em consideração as relações entre os campos de atuação, as práticas de linguagem e os objetos de conhecimento:  

 

As habilidades são apresentadas segundo a necessária continuidade das aprendizagens ao longo dos anos, crescendo progressivamente em complexidade. Acrescente-se que, embora as habilidades estejam agrupadas nas diferentes práticas, essas fronteiras são tênues, pois, no ensino, e também na vida social, estão intimamente interligadas. Assim, as habilidades devem ser consideradas sob as perspectivas da continuidade das aprendizagens e da integração dos eixos organizadores e objetos de conhecimento ao longo dos anos de escolarização (MEC, 2017, p.84).

Todo o conjunto de habilidades apresentadas na BNCC segue uma determinada estrutura, que tem por objetivo “assegurar a clareza, a precisão e a explicitação do que se espera que todos os alunos aprendam na Educação Básica, fornecendo orientações para a elaboração de currículos em todo o País, adequados aos diferentes contextos” (MEC, 2017, p.31). Assim, no exemplo de uma habilidade do campo das práticas de estudo e pesquisa, do 3º ao 5º anos - prática de linguagem, leitura e objeto do conhecimento pesquisa (p.127) - teremos:

Buscar e selecionar, com o apoio do professor, informações de interesse sobre fenômenos sociais e naturais, em textos que circulam em meios impressos ou digitais.

Diante de todas essas considerações, entendo que precisamos fazer um exercício investigativo, procurando estabelecer ligações entre os eixos de organização da BNCC, já discutidos em outros textos de nossa seção, e os gêneros discursivos, citados no texto das habilidades como possibilidades de apreciação e análise por parte dos estudantes, abrindo espaço para a valorização e inclusão de práticas de letramento locais. Assim, teremos maiores chances de pensar em currículos que possam aproximar a escola da realidade e necessidades de nossos alunos.

 

E então? Quais os efeitos das prosas sobre a BNCC? Continuo contando com a voz de vocês!

 

Obrigada pela participação, um beijo e até já.

Olímpia

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

fim do conteudo
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime
 
Conséd
Coordenação técnica
Cenpec
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé