Home
Formação
Pergunte à Olímpia
Olímpia é uma professora apaixonada pelas palavras e estudiosa da Língua Portuguesa, que responde semanalmente a perguntas de professores sobre práticas de ensino da leitura e da escrita. Venha conversar com ela. Envie a sua pergunta para escrevendofuturo@cenpec.org.br!

Pergunte à Olímpia

Encontro Regional 2016: Memórias literárias
Profª Olímpia

Olímpia fala da experiência com professores e alunos semifinalistas nas atividades do Encontro Regional.

 

Dedicados educadores,

Nas últimas duas semanas, contei um pouquinho dos momentos inesquecíveis que vivenciei, ao lado de professores e alunos, nos Encontros Regionais sobre os gêneros Artigo de Opinião e Crônica. Hoje, chegou a vez das nossas intensas e emocionantes Memórias Literárias!

O Encontro Regional aconteceu em Fortaleza, entre os dias 16 e 18 de novembro. Logo de início, confesso, sabia que “muitas lágrimas iriam rolar”, não apenas pela análise dos textos dos alunos, mas também pela emoção de ver “nossos” meninos e meninas – do 7o e 8º anos do EF – chegando de mansinho, com olhares vibrantes, que pareciam querer capturar tudo ao mesmo tempo...

Aliás, esse foi, sem dúvida, um magnífico encontro com/sobre o tempo: nas produções escritas dos estudantes, o passado foi resgatado pelo olhar de uma pessoa mais velha da comunidade, que emprestou sua voz e história para cada aluno-autor; o presente, também convidado, ajudou a tecer os fios das transformações, conferindo às memórias literárias uma beleza e singularidade absolutamente cativantes.

Nessa edição, os escritos ganharam formas, cores, cheiros, sabores e contornos mais bem retratados! Fiquei impressionada com a maneira como cada texto evidenciou o trabalho com o delicado encontro entre os tempos, com escolhas muito acertadas das informações, das relações entre sequências descritivas e narrativas, dos modos de dizer de cada lugar... Produções que ganharam em densidade - sem o insaciável esforço (em vão) de todo o passado (pessoal e do lugar) tentar retratar – garantindo espaço privilegiado para “algumas paradas”, que focalizaram um cenário (casa, rio, fazenda, floresta), um objeto (andorinha de louça, gavetas, rede) ou mesmo um meio de transporte (trem, caminhão, carroça). Incrível apreciar o primoroso movimento de, por esses elementos, abrir caminho para reminiscências, agora acompanhadas por generosas doses de literariedade.

Em meio à apreciação de tais avanços, a costumeira e bem-vinda emoção de observar professores e alunos integrados e animados com cada proposta. Para além da acolhedora festa de entrega de medalhas de bronze, as oficinas promoveram instigantes trocas, discussões e conhecimento.

Docentes puderam rememorar o processo de trabalho nas escolas, discutir estratégias e aprofundar conhecimentos sobre o gênero Memórias Literárias - contando também com a contribuição da palestra da profª. Mônica Serafim (UFC), que analisou os 125 textos semifinalistas – e, ainda, refletir sobre os relatos de prática, por meio de vivências em cada sala de oficina e a palestra da profª. Cristiane Mori (Instituto Singularidades), retratando avanços e desafios na produção de tais escritos.

Nossos alunos também se divertiram e aprenderam muito! O maior destaque, que coroou as excelentes propostas nas oficinas, ficou por conta da presença do xilogravurista, cantor e cordelista Stênio Diniz, de Juazeiro do Norte, Ceará. Com doçura, singular escuta, olhar iluminado e manso, encantamento e adorável modo de falar e estar com nossos meninos, o artista promoveu um encontro espetacular com suas memórias, retratando experiências e inspirações, que contribuíram de modo exemplar para a produção escrita dos novos textos dos alunos.

E contando com as lágrimas já anunciadas, que reinavam soberanas na Comissão Julgadora de Textos (e acredito que na de Relatos de Prática também), tratamos de cuidar com toda atenção da análise de cada produção, realizando a leitura dos textos enviados, reescritos e novas produções.

Apesar de não ter apreciado de perto, soube que nossos professores e alunos fizeram adoráveis passeios, visitaram o mar, acompanharam o pôr do sol e, extasiados, aproveitaram cada minuto dos dias quentes e sonoras noites de nosso Encontro. Não deixem de acessar o blog que, mais uma vez, registrou todos os instantes dessa grande festa.

No final, mais um pouco de boa música, alegria e celebração! Nossos 38 textos finalistas foram anunciados, assim como 07 relatos de prática vencedores. Em meio a emoções, sorrisos e euforia, nos despedimos do Encontro Regional de Memórias Literárias.


Bj carinhoso, obrigada e até já,
Olímpia

Comentários

Ver mais comentários
Adicionar comentário
Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.
Clique aqui para se identificar
Título
Comentário
Parceiros
Futura
 
Undime
 
Consed
Coordenação técnica
Cenpec
Iniciativa
Itau
 
Ministerio da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310