Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Documentário discute preconceito contra bairro de Aliança (PE)

Inicio do conteudo
Assunto: null
Autora: Marina Almeida
06 Julho 2020

 

“Flores do meu bairro” conta a história da rua do Rosário, ou rua da Palha, uma comunidade pobre de Aliança (PE), que sofre com o preconceito de outros moradores do município. O documentário é um dos vencedores da categoria, que estreou na Olimpíada de Língua Portuguesa na edição 2019, e agora está disponível para todos assistirem.

A partir de depoimentos dos moradores, os alunos nos apresentam outras versões sobre a vida no bairro: o trabalho da professora, da profissional de saúde, da associação de moradores e do jovem de 24 anos que se formou em engenharia e rompeu com todos os estigmas do que era esperado para alguém criado na região.

O vídeo foi realizado por três alunos – Iana Daise Alves da Silva Marinho, João Vitor de Moura Vasconcelos e Kauany Vitória Batista da Silva – da Escola Estadual Joaquina Lira, sob a orientação da professora Itânia Flávia da Silva.

Os alunos contam que realizar o documentário ajudou a mudar a visão que eles próprios tinham sobre o bairro. Eles acreditam que também influenciaram a visão de outros moradores da cidade sobre o lugar. “Muitas pessoas, após verem o vídeo em algumas redes sociais, disseram que gostaram do projeto e que nunca tinham imaginado a "Rua da Palha" por esse lado”, relataram.

Os jovens documentaristas contam que, na busca por se aproximar da realidade da comunidade, realizaram as entrevistas com os moradores sem seguir um roteiro e que as falas eram espontâneas. “Quisemos mostrar o lado que ninguém dá muita importância, o dos trabalhadores, a versão deles. As imagens em movimento e as fotografias foram utilizadas na intenção do espectador poder se sensibilizar em relação às pessoas que ali moram.”

Eles ainda lembram que o conteúdo técnico aprendido nas aulas sobre documentário, como as formas de enquadrar as imagens gravadas e movimentar a câmera, garantiu mais qualidade ao vídeo. “Muitas vezes, quando estávamos gravando, um de nós, estudantes ou a professora, lembrava de algum desses termos aprendidos e colocávamos em prática a fim de montar um melhor material, com características profissionais.”

Assista ao vídeo!

Flores do meu bairro

Sinopse:“Flores do meu bairro” é um documentário que percorre uma região carente, da cidade de Aliança (PE), para desmistificar o estigma de “lugar de gente ruim”. O filme adentra na comunidade do Rosário para fazer-nos refletir sobre o preconceito e a discriminação que tanto afetam a vida das pessoas do lugar. O fio condutor está centrado nos depoimentos de moradores e de quem trabalha naquela localidade. Estes, contestam os boatos maldosos e discriminatórios das pessoas que lá não residem.

Equipe realizadora:

Iana Daise Alves da Silva Marinho João Vitor de Moura Vasconcelos Kauany Vitória Batista da Silva Profª Itânia Flávia da Silva

 

Escola Estadual Joaquina Lira – Aliança/ PE

 

 

Para ver os outros documentários vencedores da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, clique aqui.


Conteúdo relacionado

Mais conteúdos sobre o Assunto

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

Fim do conteudo.
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé