Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

Curiosidades sobre a Olimpíada de Língua Portuguesa

Inicio do conteudo

Ainda em clima Olímpico, a equipe do Programa preparou uma lista com curiosidades para recordar alguns momentos da trajetória do concurso. Confira!

1. A Olimpíada de Língua Portuguesa existe desde 2008. 

Antes disso, o concurso era chamado de “Escrevendo o Futuro” e aconteceu nos anos de 2002, 2004 e 2006. O programa trabalhava com os gêneros Poema, Artigo de Opinião e Reportagem Turística, para alunos da 4ª e 5ª série. 

Em 2008, o MEC firmou parceria com o concurso, que passou a chamar “Olimpíada de Língua Portuguesa” e manteve um perfil semelhante ao que encontramos hoje. As categorias passaram a ser Poema, Memórias Literárias e Artigo de Opinião. Em 2010 foi incluído o gênero Crônica e em 2019, o gênero Documentário.

2. Antes da criação dos Cadernos do Professor, o programa já havia feito outras publicações orientadoras para a produção dos gêneros do concurso.

Em 2002, foi publicado o Kit Itaú de Criação de Textos, a fim de colaborar com a produção dos gêneros: Reportagem Turística, Poema e Artigo de Opinião. Em 2004, foi elaborada a 2ª edição do Kit, dessa vez  trabalhando com os gêneros: Artigo de Opinião, Poema e Memórias Literárias. 

3. A 1ª edição, com o nome de  Olimpíada de Língua Portuguesa, começou com a participação de mais de seis milhões de estudantes e quase 150 mil professores e professoras.

Na etapa final, 15 estudantes foram premiados(as) em uma cerimônia em Brasília que contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

4. A atual edição da Olimpíada atingiu o total de 85.908 professores inscritos.

Entretanto, esse não é recorde do concurso, a edição de 2010 alcançou 141.854 professores(as) dos 27 estados brasileiros.

5. Os ganhadores das edições anteriores são, na sua maioria, provenientes de cidades pequenas.
Um exemplo é a última edição do concurso, em 2016, na qual 9 dos/das 20 vencedores(as) vieram de cidades com menos de 50 mil habitantes.

6. Em edições anteriores estudantes do estado de Minas Gerais abordaram a questão do perigo do rompimento de barragens em Mariana e Brumadinho, nos textos do gênero Artigos de Opinião.

Nesse gênero é recorrente que alunos e alunas escrevam sobre as dificuldades que afligem a população do local onde vivem. 

Leia aqui a matéria sobre os textos.

7. Com a inserção do gênero Documentário, haverá 41 participantes finalistas a mais.

Devido a inclusão dos trios, esse número aumentará em comparação com os 132 finalistas da edição passada, que passarão a ser 173. 

8. Haverá premiações para os/as vencedores(as) da etapa nacional.

Professores e professoras ganharão uma imersão pedagógica internacional de uma semana, as escolas dos(as) vencedores(as) receberão um acervo para a biblioteca e alunos e alunas receberão uma viagem cultural, acompanhados(as) por monitores.

9. Professores e professoras podem ser  premiados pelos seus Relatos de Prática.

Professores e professoras semifinalistas poderão concorrer enviando os textos nos quais compartilham  experiências, desafios e achados ao longo do trabalho realizado com seus alunos e alunas. No total serão vinte textos escolhidos e os/as vencedores(as) receberão um notebook

Acesse o Especial Relatos de Prática aqui.

10. Nesta edição vamos homenagear a escritora Conceição Evaristo.

A autora é a primeira a ser homenageada pela Olimpíada de Língua Portuguesa. Sua escrevivência dialoga com o tema proposto no concurso “O lugar onde vivo”. 

Leia aqui a matéria sobre a escritora.


Conteúdo relacionado

Mais conteúdos sobre o Assunto

Comentários

Ver mais comentários

Adicionar comentário

Olá, visitante. Para fazer comentários e respondê-los você precisa estar autenticado.

Clique aqui para se identificar

Título

Fim do conteudo.
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé