Saltar para o conteúdo Saltar para o menu Saltar para o rodapé Fale conosco
Portal da Olimpiada de Lingua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Linkes rede sociais.        

O dia a dia a muitas mãos

Inicio do conteudo
Assunto: null
Autor(a):
20 Fevereiro 2021


O dia a dia a muitas mãos

A 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa propõe a valorização do trabalho coletivo. Afinal, o nosso dia a dia se faz com o trabalho de muitas mãos, não é mesmo? Vale a pena registrar o máximo possível e a partir de perspectivas diversas: a sua, que planejou sequências didáticas e tarefas pedagógicas, e as dos estudantes, que viveram as atividades. Às vezes sai um pouco diferente do que a gente pensou; às vezes até melhor que a encomenda; em alguns momentos são poucos os que abraçam a proposta; em outros, todos se envolvem. Como fazer acontecer o encontro produtivo da turma e ainda anotar o que se passa? Se cada mão anotar um pouco do que os vários pares de olhos veem, vamos encher cadernos de impressões vívidas, e será muito oportuno retomar a sua perspectiva com base no que a turma viu e manifestou. Acertos, revisões de percurso, imprevistos, oportunidades que surgem no caminho, gostos que se discutem, decisões rápidas, êxitos e lembretes para o futuro. E é bom gravar na memória audiovisual aqueles momentos cruciais para garantir que fiquem mesmo inesquecíveis. Vamos planejar esse mutirão, então? Todo esse registro reflexivo elaborado ao longo do percurso poderá ser revisitado no momento de escrever seu relato de prática e será essencial para que você tenha uma visão ampla tanto do todo como dos detalhes que mais importam. Veja algumas sugestões para engajar todos os participantes (clique nos retângulos abaixo para visualizar):

Diário da turma
O que fizemos hoje?

Em cada aula, dois ou três estudantes ficam responsáveis por escrever a memória da aula. Nos primeiros minutos de cada aula, a memória da aula anterior é lida pelos autores e autoras para breves comentários, ajustes ou acréscimos da turma.

Confiram alguns exemplos de questões que podem orientar o registro da memória da aula. Pensem no que é importante registrar para que todos possam se lembrar do percurso da turma.

  • O que fizemos hoje foi...
  • A questão que discutimos hoje foi…
  • O conteúdo que tratamos hoje foi...
  • O que aprendemos nesta aula foi…
  • O que ensinamos uns aos outros nesta aula foi...
  • O momento mais importante da aula foi...
  • Um episódio memorável da aula de hoje foi…
  • Nosso trabalho avançou em…
  • O que chamou atenção foi …
  • O que nos surpreendeu foi…
  • O que nos incomodou foi …
  • O que não funcionou foi...
  • Fica a nossa sugestão para...
  • O que queremos compreender melhor é...
  • Nossa teoria sobre... é...

Reflexão do/a professor/a
O que dizem os/as estudantes?

Em alguns momentos do percurso, o/a professor/a faz uma reflexão sobre sua prática a partir do diário da turma

Confira algumas perguntas que podem orientar suas reflexões sobre as aulas.

  • Como a turma está vendo as aulas? Concordo com a visão dos/as estudantes? Discordo? Por quê?
  • O que eu pensava antes de ler o diário da turma até aqui e o que eu penso agora? Por quê?
  • O que os alunos aprenderam? Como aprenderam? Como contribuí para essas aprendizagens?
  • Quais atividades foram propostas? De que modos? O que funcionou e o que não funcionou? Por quê?
  • Tem alguma atividade que agora vou fazer mais/menos? Por quê?
  • O que aprendi com a experiência até aqui com essa turma?
  • O que poderia ser diferente? O que vou propor agora? Por quê?

Que tal compartilhar algumas de suas reflexões sobre o diário da turma com o/a supervisor/a pedagógico/a, a direção ou algum colega? Assim você poderá convidar outros participantes a conhecerem o trabalho que a turma está desenvolvendo, trocar ideias e incentivar novas parcerias.

Diário do/a professor/a
O que foi planejado e o que fizemos?

O/A professor/a mantém um diário para registrar sua memória sobre as aulas.

Confira alguns exemplos de questões que podem orientar o registro da memória da aula. Pense no que é importante registrar para que você possa se lembrar do percurso da turma.

  • O que planejei para a aula foi…
  • O que fizemos hoje foi…
  • A questão que discutimos hoje foi…
  • O conteúdo que tratamos hoje foi…
  • O que ensinei/aprendi nesta aula foi…
  • O que os alunos e alunas aprenderam/ensinaram nesta aula foi...
  • Os momentos mais importantes da aula foram...
  • Um episódio memorável da aula de hoje foi…
  • Nosso trabalho avançou em...
  • O que chamou atenção foi…
  • O que me surpreendeu foi…
  • O que me incomodou foi …
  • O que não funcionou foi...
  • Fica a sugestão para...
  • O que quero compreender melhor é…
  • Minha teoria sobre... é…

Que tal levar algum trecho do seu diário para discutir com a turma? Pode ser algo de que você gostou na aula, um desafio, uma reflexão. Veja se concordam com ou discordam do seu ponto de vista. Pergunte se gostariam de comentar ou discutir sobre a questão levantada.

Você também pode convidar seus colegas, o/a supervisor/a pedagógico/a ou a direção para comentar ou discutir algum aspecto que gostaria de compartilhar. Convidar para o diálogo pode trazer novas perspectivas para o que você observou.

Registro multimídia
Quais são alguns dos momentos que ilustram o nosso trabalho?

A turma e o/a professor/a fazem fotografias, vídeos, áudios, etc., para registrar as atividades desenvolvidas.

Para fazer os registros das atividades, aproveite positivamente a afinidade que os/as jovens costumam ter com tecnologias e engaje toda a turma no processo. Os/As estudantes podem fotografar, gravar vídeos e áudios, produzir memes e outros gêneros multimodais propostos por eles para registrar e representar os momentos mais significativos do trabalho desenvolvido.

Reveja as sugestões de possíveis registros:

  • Fotografia: o que gerou a polêmica para o artigo de opinião; o que inspirou o documentário, a crônica, a memória literária, o poema; momentos do percurso de escrita; etapas de produção do documentário.
  • Vídeo de um minuto: depoimento sobre o que gerou o documentário; trecho de entrevista sobre o tema; trecho do debate feito pela turma; momentos do sarau realizado; decisão coletiva da turma sobre quem seria o entrevistado para as memórias literárias; trecho da entrevista com essa pessoa; momentos de organização do trabalho realizado pela turma; justificativa para a realização do documentário.
  • Áudio de um minuto: trechos de poemas escritos pela turma; depoimento sobre o que gerou o documentário; trecho de entrevista sobre o tema ou com a pessoa entrevistada para a memória literária; sinopse do documentário.
  • Storyboard do documentário.
  • Outros: trailer, meme... Usem a imaginação para pensar em outros gêneros multimídia para o registro de momentos importantes do percurso da turma!

 

Confira as cinco máximas do percurso coletivo (clique nos retângulos abaixo para visualizar sugestões):

1. Promover a participação colaborativa da turma em diferentes tarefas relevantes para a produção textual ou audiovisual potencializa as aprendizagens de todos.

Sugestões: propiciar a participação da turma em todos as etapas do percurso, inclusive na definição dos objetivos e nos critérios de avaliação; promover momentos de discussão de leitura de textos diferentes e complementares; distribuir tarefas diferentes para pares ou grupos de estudantes; promover revisões coletivas, em pares ou em grupos das produções textuais ou audiovisuais.

 

2. O compartilhamento de versões preliminares da produção textual ou audiovisual com colegas de outra turma, professores de outras disciplinas e com a comunidade pode trazer novas perspectivas para aprimorar a produção final.

Sugestões: apresentar as produções preliminares em outras turmas; convidar outras turmas para determinadas atividades (análise de planejamentos ou de textos preliminares, rodas de conversas, entrevistas, etc.); convidar professores ou professoras da mesma disciplina ou de outra para participar de determinadas etapas (ministrando palestras, orientando sobre determinados aspectos relevantes para a produção, analisando o que está bom e o que pode melhorar); convidar pessoas da comunidade para participar de determinadas etapas (em entrevistas, levantamentos de informações, dados e explicações).

 

3. A parceria com professores de outros componentes curriculares qualifica o trabalho realizado e estabelece relações entre conhecimentos de diferentes áreas.

Sugestões: convidar professores de outros componentes curriculares a se engajarem no projeto para o estudo de tópicos que dizem respeito a essas áreas e que são temas das produções textuais ou audiovisuais dos alunos.

 

4. A participação da supervisão pedagógica e da direção qualifica e valoriza o trabalho realizado.

Sugestões: convidar a supervisão e a direção para participarem de determinadas etapas do percurso e comentarem trechos da memória e do diário ou das reflexões do professor; assistir a apresentações de produções preliminares; dar entrevista sobre determinado tema em pauta ou sobre o trabalho que está sendo realizado pela turma; dar um depoimento sobre a participação que teve em algum momento do percurso.

 

5. O registro sistemático de momentos de trabalho constrói a memória da turma sobre as experiências vividas, as aprendizagens e a participação de todos.

Sugestões: manter um diário da turma em um caderno especialmente escolhido para esse fim e um diário do/a professor/a com anotações de planejamento e de reflexão sobre o que foi realizado; comentar, ajustar, complementar o que foi escrito por outros participantes para gerar reflexões e novas ideias, buscar respostas ou alternativas, propor mudanças de rumo, avaliar o que está sendo feito, o que foi aprendido e o que pode melhorar.

 

Releia a proposta da 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa e relembre quais materiais você deve entregar para o concurso em "A tessitura do relato de prática". E veja como seu trabalho será avaliado em "Critérios de avaliação".

A tessitura do relato

Critérios de avaliação


Conteúdo relacionado

Mais conteúdos sobre o Assunto

Fim do conteudo.
inicio do rodapé
Parceiros
Fundação Roberto Marinho
 
Futura
 
Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
 
Conséd, Conselho Nacional de Secretários de Educação
Coordenação técnica
Cenpec, Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
Iniciativa
Itaú
 
Ministério da Educação
Programa Escrevendo o Futuro / Olimpíada de Língua Portuguesa
Cenpec - Rua Minas Gerais, 228 Higienópolis, CEP 01244-010 São Paulo/SP
Central de atendimento: 0800-7719310
Fim do rodapé