O mundo dentro da represa do Frade

Carla Marinho Xavier

A represa é presa
Presa com água
E feita de pedra, pesada
Com mil toneladas de água

Lá embaixo os peixes:
Cascudo, cará, carapeba
Brincam de esconde-esconde
Se entocando nas pedras.

Desce a correnteza, correndo
Descansa na represa
E cai pelo caidor
Fazendo cócegas nas pedras

A água de baixo
Temendo a água de cima
Faz onda para escapar
Fugindo para outro lugar

Sobre a estreita ponte
O danado do vento
Vem assustar a gente
Com seu sopro violento

As árvores nas beiras
Se seguram na areia
Temerosas
Não querem ser levadas
Pela força da correnteza

Da minha janela vejo esse
mundo:
Um mundo dentro do outro
Preso nas muralhas da represa

Aluna vencedora da 3ª edição do Prêmio Escrevendo o Futuro, em 2006