Comentários

Adicione seu comentário!

[comment-guestbook]

33 thoughts on “Comentários

  1. Um poema que faz nos lembrar a tranquilidade de um lugar cheio de paz, amor onde as pessoas podem descansar sem medo de ser roubados porque a vida é igual para todos. Uma cidade que ainda existe na mente das pessoas ou história, poemas e literaturas. Portanto vivemos em lugares que a desigualdades e a insegurança tomar conta da mente humana e tudo muda completamente a vida das pessoas. Precisamos de uma política social que venha muda o caraté dos politicos porque a população hoje vivem mais de esperança de um futuro melhor e igual para todos.

  2. O gênero crônica em sala de aula contribui bastante para a ampliação do conhecimento dos alunos porque esse gênero se não for muito bem apresentado com suas características específicas pode ser um pouco confundido com Memória. Mas falando do Texto Banho de São João, o autor introduz um episódio narrativo como parte de um cotidiano e descreve com riqueza de detalhes a sua cidade, a presença religiosa forte, bem como hábitos e características do lugar.

  3. Poema que nos faz refletir,relembrar o passado presente de uma morada tranquila no passado não existia tanta violência corrupção medo,hoje as pessoas tem medo até de sair de suas casas com a família,estamos sempre esperando o melhor ,mas o importante é crer em deus ele sabe de todas as coisas.

  4. Ouvindo e lendo comentários sobre “Avaliar e Corrigir” , fiquei convicta que preciso rever meus métodos avaliativos textuais, Sei que é preciso um olhar diferenciado para esse processo, uma vez que a cultura dos pais e coordenadores ainda é muito arcaica nesse processo, por acreditarem que avaliar é uma simples correção gramatical. Sempre que leio um texto coloco-me no papel de leitor, gosto de estar inserida nas palavras, no contexto dando prioridade ao tema e seu contexto, mas confesso que muitas vezes sou corretora, até porque temos turmas numerosas e o prazo estimulado para entrega é curto, Avaliar e enviar bilhetes para o aluno instigando sobre o assunto, de que forma poderia ter mais clareza é de suma importância, pois uma vez fui chamada a atenção pela psicopedagoga – onde a mãe da aluna já tinha falado com a direção que encaminhou para a psicopedagoga- da escola a respeito de uma redação sobre o “bullying” onde a aluna escreveu que a estava sendo vítima desse tema. Realmente foi muito embaraçoso pois eu não tinha avaliado e sim corrigido. A partir desde dia passei a ler com mais atenção e após o inicio desse curso e dos debates vou priorizar com mais dedicação as produções textuais dos meus alunos, dando o valor, recadinhos e fade back com mensagens que valorizem, estimulem, socializem e melhorem o relacionamento e o convívio social e intelectual entre os mesmos.

  5. O ato da leitura é algo fantástico! a interação que acontece entre leitor e obra, nos faz repensar a maneira como podemos abordar o conteúdo a cada dia.

  6. Conhecer o mundo pelo ponto de vista do aluno é bem interessante pelas duas possibilidades que se nos abrem: incentivar o protagonismo, numa simples crônica o aluno pode contar a sua vida, ser agente do seu viver quando indica mudanças e soluções que podem ser tomadas e, para nós, professores, há a possibilidade de conhecer um pouco mais o aluno para além de um nome na lista de chamada, podemos saber o porquê de timidez leve ou intensa, indisciplina e detalhes assim.

  7. TRABALHANDO OD TEXTOS POEMAS E POESIA A DIFERENÇA ENTRE OS DOIS ME RECORDEI DA MINHA INFÂNCIA COM A POESIA OU ISTO, OU AQUILO DE CECÍLIA MEIRELES. E FIA A LEITURA DO TEXTO BANHO DE SÃO JOÃO, OS ALUNOS FIZERAM COMPARAÇÃO COM AS FESTAS JUNINAS. O AUTOR FEZ A NARRATIVA DE SEU COTIDIANO E OS ALUNOS ENTENDERAM COMO FESTA RELIGIOSA QUE AJUDA A SOCIEDADE COMO UM TODO.

  8. Só agora teve acesso a esses conteúdos porque nunca tinha sido escrito nas olimpíadas. Essa é a primeira vez que me escrevo.
    Parabenizo a todos pela a essência dos conteúdos.
    Cícero Guedes de Oliveira

  9. Concordo quanto ao cuidado em trabalhar o gênero crônica de forma a não se confundir com o gênero memória. Mas a crônica é uma forma muito interessante de trabalhar, de aproximar o alunos dos fatos cotidianos de forma que possam refletir e até se divertir. O texto Banho de São João narra com detalhes fatos em uma cidade onde os valores apresentados parecem só haver na imaginação, diante da realidade em que vivemos. Boa e pertinente reflexão para a nossa atualidade.

  10. Os textos aqui disponíveis, nos auxiliam como professores e avaliadores das produções de nossos alunos. Partir de um texto que já elaborado nos norteia para o processo de texto que deve ser visto por uma ótica mais densa sobre o que é produzir determinado gênero.

  11. O bom da leitura e escrita é, certamente, o prazer que encontramos nisso. Trabalhos em grupos, construções conjuntas e a percepção do aluno de que pode fazer melhor… não tem preço.

  12. Este material disponível para estudo é riquíssimo, a cada novo material postado para estudo no curso, me surpreendo mais. fico fascinada pelas opiniões de especialistas, reportagens, textos de cada gênero envolvido na olimpíada, enfim, a concatenação com que a equipe atuam para que os objetivos almejados sejam cumpridos e o conhecimento flua. Simplesmente encantada!

  13. Muito significativos os artigos sobre Avaliação Textual. Embora já fizesse a avaliação dos textos dos alunos, bem parecido como manda o “figurino”, quando professora em sala de aula, pois hoje estou fora por motivo de impossibilidade física, esses artigos nos dar uma dimensão bem maior. Sempre gostei e me identicava com a correção dos textos, pois não frisava apenas a correção gramatical, mas a questão das ideias colocadas no papel. Para você trabalhar assim requer muito tempo e dedicação, mas vale a pena, com toda certeza, pois, no final do ano seus alunos saem sabendo como fazer um texto e isso leva-se para o resto de sua vida, só vai aprimorando cada vez mais.

  14. O gênero crõnica na leitura ou na escrita leva a gente a pensar analisar sobre tal aspecto relacionado na argumentação do escritor a respeito da sua opinião, . Porque antes ele passa por uma visão recheada de dados concretos , assim ele poderá dar o seu ponto de vista, um caminho a seguir na busca de informações para construir o seu texto.

  15. Fazer uma viagem no tempo, através de um poema, ouvindo os sons, sentindo cheiros e relembrando sabores da infância nos faz refletir sobre o poder que as palavras têm de nos levar a qualquer lugar em qualquer tempo. simplesmente incrível!!

  16. o gênero em questão vem a comtribuir para o conhecimento do aluno professor sabendo que a leitura é a essência do conhecimento.

  17. o gênero em questão vem a contribuir para o conhecimento do aluno professor sabendo que a leitura é a essência do conhecimento.

  18. trabalhar com o gênero crônica é desafiador, necessita a participação e interesse dos alunos na construção, no conhecimento e na capacidade de fazer acontecer , no entanto precisamos estimular os alunos a prática de leitura para aperfeiçoar a escrita.

  19. Os gêneros textuais são enriquecedores pois enriquece a aprendizagem sugere e motiva nas suas próprias produções além de degustar de autorias incríveis com diversidades de gêneros.

  20. Despertar a motivação do aluno frente à leitura é sempre um dos grandes desafios enfrentados por nós professores de Língua Portuguesa, sobretudo no trabalho desenvolvido no ensino médio. O uso do gênero crônica no ensino-aprendizagem da leitura e escrita propicia experiências significativas entre os jovens favorecendo o desenvolvimento da oralidade, da escrita e do comportamento leitor. O tema “O lugar onde vivo” favorece ao aluno uma situação significativa para a aprendizagem e utilização do gênero, visto que estimula experiências que fomentam a valorização das histórias, memórias, saberes e fazeres locais permitindo que os discentes se reconheçam nessa história, possibilitando-lhes a articulação entre passado e presente e entre o local e o global.

  21. O gênero crônica contribui de forma satisfatória ao convívio do aluno ao lugar onde vivo , efetuando as leituras vem agregar e ampliar as ideias de como escrebver, organizar e dialogar de como e de que forma produzir com detalhes associando o antes e depois.

  22. Percebo que os modelos de análise dos textos estão bem claros ,dando suporte para que possamos desenvolver uma análise bem consciência dos textos elaborados pelos alunos>

  23. Gostaria de deixar registrado que o tema é muito interessante, que ao avaliar precisamos ter em mente que o aluno pode vir a produzir um texto com uma amplitude maior, ou seja, que vive no planeta terra, em um pais, em um estado , cidade e local.. tudo isso precisa ser considerado pelo avaliador.

  24. Os vários profissionais envolvidos na Olimpíada Escrevendo o Futuro, são muito antenados com a realidade e ao mesmo tempo demonstram uma preparação forte no campo da escrita, fico embevecida ao ler os artigos, ver os comentários disponibilizados e ao mesmo tempo analisar os cadernos com as sequências didáticas disponibilizadas para serem aplicadas em sala.
    Gostaria de expressar a minha admiração e agradecer pelo envolvimento que a olimpíada tem com a aprendizagem dos alunos e professores participantes de todo este processo.
    Muito obrigada!!!

  25. Um caminho muito gostoso quando percotremos as correcoes dos poemas , sorrimos muito e tudo foi escrito com entusiasmo e alegria,alguns momentosbem wue sentiram a responsabilidade da escrita porem a maioria escreveram seus poemas com muita tranquilidade e como sempre fui supreendida com o poema de um estudante que falou sobre a violencia onde o mesmo vive ,e uma pena que a infanciave alegria de brincar na rua foi se perdendo ,outros escreveram a dimensao que e participar das atividades culturais da cidade foi muito importante esse belo trabalho.

  26. Esse percurso formativo vem de encontro com desenvolvimento de novas técnicas e práticas de ensino-aprendizagem dentro da sala de aula, é muito rico e traz novas leituras e várias metodologias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *